Ouse

Transparências e plastificados: os truques essenciais para um look mais estiloso

Delicadas ou bem audaciosas, as peças com transparência imprimem uma leveza quase que automática às produções. Com tecidos fininhos e fluídos, o resultado é delicado. Já nos materiais plásticos, que voltam com tudo na próxima temporada, é todo cool. As transparências foram uma das grandes apostas do segundo – e último – dia de desfiles do Minas Trend, com criações para todos os estilos, dos discretinhos aos mais extravagantes. Confira:

Virgílio Couture

Minas Trend 2018: desfile Virgilio Couture, animal print colorido, transparências, plásticos, mix de estampas
FOTOS: ZE TAKAHASHI / FOTOSITE / REPRODUÇÃO

Tons vibrantes, mix de texturas e estampas, animal print colorido – detalhe que já apareceu nas coleções de Tom Ford e R13 – foram as escolhas da Virgílio Couture para construir um punk tropical. No meio de tantos detalhes, as transparências trouxeram ainda mais dramaticidade e diversão aos casacos, capas e camisas soltinhas. As terceiras peças, inclusive, são um dos jeitinhos mais fáceis de usar a transparência. E não é que os tecidos translúcidos podem ser até mesmo a forma de equilibrar um decote muito profundo, como dá pra ver no lindo vestido P&B acima? Aposte!

Mollet

Minas Trend 2018 - Desfile Mollet, tons néon, transparências e materiais plásticos

Toda descolada, a transparência da Mollet se joga nos plastificados. O recurso, presente em peças e acessórios, foi usado para revelar partes estratégicas do corpo, como os braços e cintura, ou para criar visuais bem ousados, com camisetas completamente transparentes. Fora das passarelas, você pode combinar essas peças mais atrevidas com tops bem coloridos ou com aquele tubinho neutro, deixando o básico muito mais apimentado.

[vitrine]

Choker

Minas Trend 2018 - Desfile Choker, transparências, bordados

Ao lado de bordados divertidos, com bocas vermelhas, olhos delineados, corações, a Choker traz uma transparência mais delicada, sem abrir mão da irreverência. Inspiradas nos mood londrino dos anos 60 e 70, a transparência faz parte dos vestidos de festa, das jaquetas bomber – pecinha que segue entre os desejos das mais estilosas – e das saias mídi. Não quer esperar até o próximo verão para se jogar nas transparências? Combine a saia ou vestido fininho com um casaco mais pesado, meia calça em tom complementar e botinha. Pronto. Visual pra fashionista nenhuma botar defeito!

[vitrine]

Deixe uma resposta