Ouse

Ricardo Almeida: cinco dicas para o homem contemporâneo

Ricardo Almeida é um dos nomes mais aclamados na criação de moda masculina do Brasil. Com 35 anos de mercado, o designer paulista se reinventa a cada coleção, sempre unindo elegância a um sutil toque de transgressão que o fez um dos favoritos das celebridades nacionais e do mundo político e empresarial. Sim. Almeida consegue interpretar os desejos pelo novo dos criativos e a excelência exigida pelos convencionais em um mesmo costume. Em Porto Alegre para conversar sobre o que mais entende com a jornalista Fernanda Pandolfi na loja Hemb, um dos redutos masculinos mais estilosos da capital gaúcha, Almeida deixou claro que o homem de hoje não deve seguir convenções, mas, sim, o seu desejo, criando os próprios códigos de bem vestir.

Foto Lenara Petenuzzo/Divulgação

Almeida comentou sobre várias momentos da elegância, inclusive em casamentos. Conhecedor dos bons hábitos, desmistificou a obrigatoriedade de gravata para o noivo em cerimônias mais despojadas, mas, curiosamente, indicou o colete como um excelente elemento em qualquer tipo de festa, inclusive à beira-mar. Apontou a camisa branca como um toque essencial a qualquer convidado e falou um pouco das cores dos ternos conforme os horários, indicando os azuis para a luz do dia e os escuros para a noite – mas tudo bem livre, conforme o gosto de quem usa, ou seja, sem regras.

Outra curiosidade foi sobre a escolhe de fraques e smoking. Ao contrário do que se costuma usar, o fraque não é indicado para cerimônias noturnas, reforçou Almeida, já os smokings são bem-vindos, mas o ideal seria que todos os convidados optassem por esse modelo. Outra dica? Jamais use flor e lenço na lapela, viu?! E os lenços são um recurso de estilo tão bem-vindo hoje que podem decorar, inclusive, conjuntos casuais, adornando paletós combinados a jeans.

Para o cotidiano, Almeida defende que o homem experimente, ouse mais, nem que seja em um detalhe, como uma cor não-convencional, uma estampa, um acessórios arrojado. Para o designer, o caminho da elegância contemporânea é mesclar ideias diferentes. Como? Espia as cinco dicas.

Calça de alfaiataria + botas

As botas são perfeitas para incrementar uma calça de alfaiataria. Para os mais clássicos, modelos que remetem aos sapatos sociais. Já aos ousados não há limites: de amarrar, do tipo Chelsea, de camurça, estonadas, biker, vale tudo.

Tênis + costume

O tênis é ótimo para modernizar um costume – em tempo: costume é o conjunto de calça e paletó, viu? (só é terno quando tem colete). Prefira os modelos mais minimalistas para iniciar a brincadeira. Depois de habituado, ouse com os tênis que remete aos usados para a prática esportiva, mais pesados e impactantes.

Paletó + jeans

O paletó do terno não precisa ficar paradinho no closet esperando uma ocasião formal. Pode compor conjuntos mais leves e casuais, perfeitos até para quem tem um dia a dia despojado. Uma boa solução é usá-lo junto ao jeans. Experimente!

Camiseta + calça de alfaiataria

Eis aí uma dupla simples, mas de um estilo singular e cheia de personalidade. Aposte! As lisas proporcionam um efeito mais requintado. As estampadas, mais ousadas. Aposte!

Paletó + lenço

Eis aqui um toque especial que incrementa até o mais neutro dos visuais: um lenço na lapela. Até mesmo em paletós casuais, é bem-vindo.

Deixe uma resposta