Apimente

Mitos da moda: renda no trabalho

Continuando com nossa série de Mitos da Moda, cujo maior objetivo é abordar os vários tabus fashion que podem – e devem ser – rompidos já, falo de uma polêmica recorrente no dia a dia profissional: o uso da renda. Ora romântica, ora glamurosa, a renda traz uma pitada de sensualidade – palavrinha que em nada costuma combinar com o ambiente corporativo, não é mesmo? Ainda assim, é possível usar renda no trabalho com muita sofisticação, enchendo as peças clássicas de charme. A dica principal é investir no tecido com parcimônia, dosando sua ousadia. Quer saber como? Conto tudinho agora!

Na saia

Montagem com quatro fotos de street style mostrando como usar saia de renda no trabalho. Look 1: saia de renda mídi rodada vermelha, cinto preto, sandália de tiras finas preta e camisa branca. Look 2: saia lápis de renda preta com branco e laranja, blusa xadrez vichy preta e branca, blazer laranja, scarpin bicolor preto e branco, clutch branca. Look 3: saia lápis de renda preta, blusão preto de lã oversized, bolsa preta e scarpin preto. Look 4: casaco sobretudo verde, saia verde de renda mídi e scarpin nude com spikes e ponta vermelha.

Versátil, a saia de renda é a alternativa mais fácil e prática para quem deseja usar o tecido no office look. Isso porque ela vai da festa requintada ao office com poucas adaptações. A chave do sucesso está em escolher uma saia de comprimento mídi, seja ela lápis ou evasê, e complementos bem tradicionais, como a camisa branca, o blazer no tom que mais conquistar o seu coração e o scarpin de salto alto. O resultado é sofisticado sem ser óbvio, perfeito para aqueles dias em que você tem uma reunião ou evento especial e quer arrasar por aí.

Na blusa

Montagem com quatro fotos de street style mostrando como usar blusa de renda no trabalho. Look 1: regata preta com renda no decote, blazer acetinado com estampa preta e branca, pantacourt preta e scarpin animal print. Look 2: saia lápis branca com fenda, blusa de renda branca com manga bufante, scarpin preto e bolsa preta. Look 3: camisa branca, pantalona preta, camiseta preta de renda. Look 4: camiseta preta de renda, colete cinza, pantalona de cintura alta branca, cinto marrom.

Existem mil possibilidades para investir em tops rendados, das camisas às camisetas, das regatinhas acetinadas aos bodies, das peças inteiras aos detalhes bem pontuados. As sobreposições são as maiores aliadas para driblar a transparência da blusa. Aposte em camisas brancas usadas sob a renda ou em blazeres fechados/máxi pulôveres usados por cima da peça deliciosamente transparente. Já quando o assunto é parte de baixo, a alfaiataria estruturada é a mais indicada: se jogue em pantalonas de cintura bem alta, saias assimétricas e pantacourts.

No casaco/vestido

Montagem com quatro fotos de street style mostrando como usar vestidos e casacos de renda no trabalho. Look 1: vestido de renda branco com lilás, sandália de tiras finas pretas, lenço com estampa em tons terrosos e roxos. Look 2: casaco peplum preto de renda, saia lápis de couro e sandália de múltiplas tiras nude. Look 3: vestido branco romântico branco de renda, bota bege estampada de cano alto. Look 4: jaqueta de renda em tons de azul e marrom, calça jeans e scarpin branco.

Sabe aquele vestido ou jaqueta de renda especial que acabou ficando parado no closet depois da última festa? Que tal levar para o escritório? No caso dos vestidos, vale a mesma regra das saias: opte sempre pelo sofisticado comprimento mídi e por peças com pouca transparência. Já nas jaquetas, a ousadia está mais do que liberada, seja em cor e/ou modelagem. Independentemente da peça escolhida, a fórmula para não pesar a mão nos looks, é investir em complementos clássicos da indumentária profissional; Uma calça de alfaiataria neutra, um blazer sequinho e alongado, um jeans skinny, uma sandália de tiras finas ou scarpin… Enfim, opção é o que não falta. Em cada uma delas, um visual de impacto na medida da elegância.

[vitrine]

Deixe uma resposta